Europa Viagens

Santorini, a ilha charmosa da Grécia

Setembro 3, 2021
Santorini

Santorini é das ilhas gregas mais populares e mais procuradas. Em Julho decidimos ir cinco dias à descoberta daquele pedaço de terra em formato de meia lua, com vista para uma caldeira vulcânica no meio do mar.

Pertencente ao grupo de ilhas Cíclades, por supostamente formarem uma espécie de círculo à volta da ilha sagrada de Delos, Santorini faz parte do imaginário dos viajantes muito por causa das suas igrejinhas de domo azul espalhadas ao longo de povoados brancos.

Quando ir?

Nós fomos em Julho e nos dias em que não havia vento era mesmo muito calor. Por isso, achamos que Maio, Junho e Setembro poderão ser os meses com igualmente bom clima e uma lotação moderada.

De Novembro a Fevereiro/Março, muitos restaurantes e hotéis fecham e fica difícil usufruir da ilha em pleno. Portanto, ir a Santorini devera ser entre Abril e Outubro, meses em que há mais rotas de ferry e mais voos.

Onde ficar alojad@?

Queríamos muito ficar no maravilhoso Cavo Tagoo Santorini, mas já estava esgotado quando nos decidimos a fazer esta viagem. Acabámos por ficar no Santo Maris Oia Luxury Suites & Spa, que se revelou uma excelente escolha, quer pela localização, quer pelos serviços. Fica mesmo no centro de Oia (para nós só fazia sentido ficar aí) e assume uma postura sensível ao impacto que o turismo pode ter no meio ambiente e na comunidade local, o que cada vez mais devemos ter em consideração.

Outro que ficou ‘debaixo de olho’ foi o lindíssimo Katikies.

Quanto a Oia (pronuncia-se “ia”) é, provavelmente, o vilarejo mais bonito, mais visitado e mais caro da ilha, mas vale muito a pena ir à procura de cantinhos igualmente especiais como a baía de Ammoúdi, as escavações de Akrotiri e as vinícolas da ilha.

Em Oia é obrigatório reservar um momento para assistir ao pôr do sol, é algo verdadeiramente mágico, até porque a própria atmosfera é tranquila e romântica, especialmente se o conseguirem fazer a partir da vossa varanda, para evitar os aglomerados de gente na rua. Outra opção é reservar uma mesa num dos muitos bares e restaurantes e aproveitar esta experiência incrível!

Fira, a capital de Santorini, é um dos melhores e imperdíveis lugares na ilha. Perdemo-nos de amores a passear pelas suas vielas pitorescas, a descobrir mil e uma casas azuis e brancas – tão típicas, sempre com vistas magníficas da caldeira.

A baía de Ammoúdi merece igualmente uma visita. Trata-se de um pequeno porto à beira de mar – surpreendentemente cristalino – onde há tavernas que servem peixe fresco. Num dos dias decidimos almoçar lá e recomendamos. É um lugar muito especial!

Como se chega lá? Descendo (e depois subindo, ufa!) cerca de 250 degraus a partir de Oia, ou então de carro/mota. Atenção, se for essa a opção, não vão até ao final da estrada, porque é difícil voltar atrás. Basta estacionar o carro/mota ao longo da estrada e acabar o caminho a pé.

Restaurantes

Bem, a oferta é muita, mas no nosso top 3 estão:
Vezené (Cavo Tagoo Santorini)
Petra Restaurant (Canaves Oia Suites)
NAOS Restaurant

Além destes sugerimos também o Karma Restaurant.

Foram cinco dias incríveis e já só pensamos em voltar, porque muita coisa ficou por explorar.

Também poderá gostar

1 Comentário

  • Reply Maria videira Setembro 3, 2021 at 9:21 pm

    Que fotos lindas!!! É tudo lindo do vestido amarelo é super fotogénico.
    Bj

  • Deixe um comentário