Fashion & Beauty

Dicas de leitura: os favoritos de 2021

Dezembro 10, 2021
dicas de leitura

Seja para presente de Natal (ainda vais a tempo) ou como sugestão, eis alguns dos livros que lemos em 2021 e que recomendamos.

Uma Educação, de Tara Westover

Escrito na primeira pessoa por Tara Westover, com detalhes do seu crescimento numa família disfuncional de nove elementos. Filha de um pai profundamente religioso, que se opunha a tudo o que viesse do governo (incluindo hospitais), a escritora foi proibida de estudar e só aos nove anos viu emitida a sua certidão de nascimento. Uma história verdadeiramente inspiradora, que de tão surreal chega a ser inacreditável!

Persépolis, de Marjane Satrapi

Uma fascinante autobiografia em formato gráfico que nos dá uma visão da história contemporânea do Irão. Filha de pais irreverentes e de convicções marxistas, Marjane faz questão de mostrar a sua posição e conta-nos, através de quadradinhos, a sua história de vida, incluindo os tempos em que viveu na Europa. Apesar das suas mais de 300 páginas, a leitura é muito fácil, dinâmica e envolve-nos de início ao fim.

Sei Porque Canta o Pássaro na Gaiola, de Maya Angelou

Outra excelente autobiografia sobre a vida de uma menina negra entre as décadas de 1930 e 1940. Em cada página estão impressas lembranças dolorosas de outros tempos, em que era comum os filhos serem criados pelos avós e não pelos pais. Memórias que são necessárias e que nos tocam, ao acompanharmos o crescimento de Marguerite (Maya, como era carinhosamente chamada), a menina que se vai libertando da gaiola na qual a aprisionaram.

Os Rapazes de Nickel, de Colson Whitehead

A história dura e crua de dois rapazes numa casa de correcção, na Florida, onde nos são relatadas as crueldades cometidas tanto nele próprio, como nos outros colegas institucionalizados. Toda a obra é bastante comovente, até porque é baseada numa história real que, inclusive, foi alvo de investigação. Além do reformatório, o autor relata, na primeira pessoa, o que é ser uma pessoa negra, nos anos 60, na América.

Jesus Cristo Bebia Cerveja, de Afonso Cruz

Considerado “uma das vozes mais criativas da nova literatura em língua portuguesa”, por Mia Couto, Afonso Cruz junta várias personagens numa pequena aldeia alentejana e o resultado é um livro em que as páginas esvoaçam rápido demais; uma história que se estende e divide em capítulos curtos e em que a vida que é dada a todas as personagens acaba por não passar despercebida. A acção desenrola-se em torno de Rosa, uma rapariga modesta, sem estudos, que vive com a sua avó, cujo grande desejo de vida é ir até Jerusalém. A partir daí é um vai e vem de emoções, com vários momentos de comédia.

Quais são as tuas dicas de leitura para nós?
Estes são alguns dos livros favoritos da Eduarda (dos lidos em 2021). Gostávamos que também tu partilhasses as tuas dicas de leitura connosco, para 2022! 🙂

Também poderá gostar

Sem comentários

Deixe um comentário