Ásia Viagens

Kyoto: explorar os templos Fushimi Inari Shrine e Kinkaku-ji

Maio 19, 2019
Kyoto

Kyoto
O quinto dia na capital japonesa foi a passear pela zona da Torre de Tóquio, bem mais tranquila. Foi uma pausa no frenesim que é Tóquio. Depois de explorada a área fomos fazer as malas, era hora de viajar até Kyoto. Demos novamente uso ao JR Pass (já falado no post anterior) e assim que chegámos à cidade, i
nstalámo-nos no hotel (Gran Ms Kyoto) e seguimos para jantar. Hoje era dia de provar as famosas panquecas japonesas… Deliciosas!

O sexto dia no Japão começou bem cedo: eram 5h da manhã quando fomos para o Templo Fushimi Inari, que fica no sopé do Monte Inari, já nos arredores de Kyoto. Este é um dos mais de 1600 templos da cidade. A estas horas não tinha ninguém, podemos passear e fotografar à vontade, aproveitar a tranquilidade do local. Por ser um dos principais santuários Xintoístas de todo o Japão é muito popular e atrai sempre muita gente. Apesar de o templo ser muito bonito, o local é até mais famoso pelos trilhos ladeados por milhares de toriis vermelhos, que dão para uma caminhada de cerca de 2h a 3h.
Kyoto
Kyoto
Kyoto
KyotoKyotoÉ, sem dúvida, um dos pontos de visita obrigatória em Kyoto. No final, fomos passear pela cidade… Atrevo-me a dizer que gosto mais de Kyoto que de Tóquio. É menos gente, mais típico… parece-nos mais asiático! 

Almoçámos pelo mercado. Polvos, carne de Kobe, camarão… E bebemos o sumo de tapioca que nos havia sido recomendado.

De tarde fomos até ao Templo Kinkaku-ji, popularmente conhecido por Templo do Pavilhão Dourado. Engraçado que, oficialmente, o templo chama-se Rokuon-ji, mas aparentemente ninguém o conhece por esse nome. Por ser coberto por uma folha de ouro puro (excepto o rés-do-chão), o pavilhão irradia um  amarelo brilhante que ilumina o lago e cria um efeito muito bonito. O reflexo do templo nas águas tranquilas são o verdadeiro deleite.

É pena não se poder entrar no templo, ficamos apenas com a vista que é, aliás, deslumbrante e que faz o passeio valer muito a pena, até porque é um dos monumentos classificados como Património Mundial no Japão.
Kyoto
Kyoto

Kyoto
Provámos lá os gelados de chá verde, que são muito bons. Foi um ponto refrescante no nosso dia, afinal já faziam 26 graus. Voltámos para o hotel e fomos descansar! 🙂

Também poderá gostar

Sem comentários

Deixe um comentário